comunidade-do-caos-a-gloria-reunida.jpg

Com 21 anos de história, a Comunidade Católica Do Caos à Glória é uma Associação Privada de Fiéis aberta a todos os estados de vida, fundada na Arquidiocese São Sebastião do Rio de Janeiro, que atua no despertamento do protagonismo do jovem na sua dimensão humana, civil, espiritual e ministerial.

 

Nasceu de uma experiência profunda com a evangelização, através do antigo projeto “Evangelização 2000”, que despertou nos fundadores leigos consagrados, Mauricio do Carmo, Marcela Ferreira e Elaine do Carmo, o ardente desejo pelo anúncio do Reino e pela constante formação de novos evangelizadores.

QUEM SOMOS

 
textura-1_edited.jpg

O CARISMA DCAG

"O que de mim ouvistes na presença de muitas testemunhas, confia a homens fieis que, por sua vez, sejam capazes de instruir a outros"

2 Tm 2, 2

Ofertamos para o mundo a face de Cristo Crucificado que impacta, interfere e influencia sua geração. Nas palavras de Paulo a Timóteo, o carisma do caos à glória encontra o seu centro na multiplicação. Seu fim último é alcançar  homens e mulheres que, tendo se encontrado com a Luz do Cristo da Paixão, sejam despertados no seu protagonismo pessoal e ministerial, para que, com fidelidade, se tornem multiplicadores de multiplicadores.

 

O carisma e identidade DCAG estão expressos em tudo o somos e fazemos, assim como na nossa identidade visual. Veja no nosso vídeo comemorativo de 20 anos, os elementos da nossa marca:

 

Uma História

Do Caos à Glória

Sim!!! São 21 anos de uma história de muita Paixão! Paixão pela Igreja, Paixão por Jesus e Paixão pelas Almas. Em todos esses anos, muita coisa mudou, mas o carisma se manifestou durante todo esse tempo sob os fundamentos da concórdia, formação e missão. Confira alguns fatos marcantes da nossa história:

1999-irmaos-comunidade-do-caos-a-gloria.

1999

Unidos em um só coração e uma só alma, @mauricioabsurdo, Marcela Ferreira e @elainedcag fundaram em 1999 a nossa comunidade. A concórdia e o amor entre os irmãos é até hoje base fundamental da vida Do Caos à Glória.

 

FUNDADOR

   Maurício Absurdo

Mauricio-Absurdo.jpg

FUNDADOR

Maurício Absurdo

Mauricio Ramos do Carmo, é leigo consagrado, casado com Elaine Cristina (co-fundadora histórica), pai de três filhos (João Marcos, Marianna, Cristiano). Nasceu em dezembro de 1977, no bairro de Irajá, na cidade do Rio de Janeiro. Filho de uma empregada doméstica nordestina e um técnico de enfermagem mineiro, vivia em extrema pobreza. Cresceu numa rua desfavorecida socioeconomicamente onde, desde muito novo, teve que aprender a ser independente e a lidar com uma realidade violenta.

 

Até que, aos quinze anos de idade, no dia em que recebeu o sacramento do Crisma, foi conquistado pelo Senhor Deus de uma maneira em que sua vida foi totalmente transformada! Tomado pelo Espírito Santo, entendeu que Deus o convidava para uma entrega de vida radical pelo Evangelho.

 

Desenvolveu sua vida como jovem católico pelo “Projeto Evangelização 2000”, onde o ardente desejo pelo despertamento de outros jovens em evangelizadores e formadores de evangelizadores crescia. Em 1999 fundou a comunidade junto com Marcela Cristina e Elaine Cristina, assumindo como propósito o despertamento de jovens fieis capazes de instruir a outros e o chamado de ser o Absurdo de Deus.

 

NOSSAS CASAS

ACADEMIA DOS SANTOS

Dentro da estrutura da Comunidade, existe a Nova Academia dos Santos, em Brás de Pina, Rio de Janeiro (atual sede). É onde os membros da Comunidade de Vida são formados integralmente, vivendo o despertamento do seu protagonismo pessoal, em que o jovem reconhece quem ele é, e do seu protagonismo ministerial, se posicionando enquanto um fiel capaz de instruir a outros. É onde os Líderes da Comunidade também são formados.

CASAS COMUNS

Fazem parte também dessa estrutura as Casas Comuns, locais de encontros da Comunidade de Aliança onde o carisma é aprofundado e enraizado. É nas Casas Comuns que Paulos alcançados são despertados pelas mãos de Ananias (líderes). Hoje temos três Casas Comuns: Grande Irajá, Bonsucesso (Complexo da Maré) e Campo Grande.